terça-feira, 17 de maio de 2011

A Importância da Alimentação para Praticantes de Atividade Física

A alimentação é uma necessidade vital para todos os indivíduos, é através dos alimentos que adquirimos os nutrientes essenciais para o crescimento, desenvolvimento, funcionamento do organismo e manutenção da saúde. Sem o alimento não conseguimos trabalhar, andar, pensar, enfim, manter nosso organismo em funcionamento.

A nutrição é muito importante para a saúde em geral do praticante de atividade física; uma alimentação equilibrada e balanceada, que atenda às recomendações é suficiente para a manutenção da saúde e possibilita o bom desempenho físico.

A alimentação adequada para praticante de atividade física deve conter quantidades adequadas e equilibradas, suprindo assim, todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo. Variando a quantidade do alimento para cada pessoa, levando em conta a necessidade individual como sexo, peso, gordura corporal, idade e a atividade física realizada.

Muitas dúvidas aparecem quando falamos na alimentação antes e após treino. Esta refeição depende do horário em que você irá realizar sua atividade física, devendo sempre respeitar os horários e o tempo de digestão de uma refeição completa.

Nunca faça o seu treino em jejum, muitas pessoas ainda têm a ilusão de que treinar em jejum emagrece. É importante iniciar um treino bem nutrido, pois isso melhora o rendimento durante os treinos. Independente se seu objetivo é ganhar massa, eliminar gordura, ou ganhar uma prova, você tem que se alimentar bem antes.

Para quem pratica atividade física antes do café da manhã é necessário realizar um lanche rápido de fácil digestão que ofereça energia suficiente para garantir qualidade e desempenho durante a atividade física.
A refeição antes do exercício físico é crucial para o bom desempenho, antes do treino a refeição deve manter um estado anabólico (construção) adequado, força e resistência para que o exercício possa ser completado com eficácia.
Nunca praticar atividade física de estômago cheio, pois desconfortos (náuseas e vômito) podem aparecer. Para quem pratica atividade física antes do café da manhã, deve sempre fazer um lanche rápido, que seja de fácil digestão e ofereça energia suficiente para garantir qualidade e desempenho durante o exercício. O mesmo deve ser feito para quem pratica atividade física à tarde, onde o objetivo desta refeição é fazer com que o praticante de atividade física não sinta-se fraco e nem lento antes e durante a atividade.

Já após o treino, para melhorar a recuperação muscular, é necessário comer nos primeiros 30 minutos após o treino e fazer outra refeição após este período, se possível até 3 a 5 horas após o treino ou atividade física. Para esta recuperação após o treino, a melhor alternativa de consumo de alimentos é combinar carboidratos e proteínas, que são importantíssimos para a recomposição muscular, evitando fadiga crônica, preservando o desempenho esportivo e a saúde.

Abaixo segue as dicas dos nutrientes primordiais para alimentação dos praticantes de atividade física:
Os carboidratos são a principal e mais eficiente fonte energética. São estocados na forma de glicogênio no fígado e músculos, e esta reserva é utilizada para proporcionar bom rendimento durante a prática de atividade física. Boas fontes de carboidratos são os pães integrais, massas, batata, mandioca, frutas, etc.
As proteínas são importantes para a construção e reparação dos músculos, entretanto, a necessidade desse nutriente é facilmente alcançada, logo, não há necessidade no seu exagero; As fontes de proteínas são: peixes, aves, carnes, ovos, leite e derivados, feijões e soja.
Já os lipídios devem estar em menor quantidade, mas você nunca deve excluí-los por completo, pois, as gorduras têm muitas funções essenciais no organismo e metabolismo, além de colaborar com o fornecimento de energia para o exercício e recuperação. Dê preferência, as gorduras insaturadas como as encontradas na semente de linhaça, semente de girassol e no azeite extra virgem.
Aumente o consumo de vitaminas e minerais, as pessoas que praticam atividade física se preocupam com a ingestão de proteínas, carboidratos, etc. e acabam esquecendo das vitaminas e minerais. Ambos são muito importantes, afinal, organizam todo o metabolismo, ajudam na queima de gordura, aumento de síntese de proteínas, formação de energia, qualidade dos ossos e órgãos. Aumente seu consumo diário de alimentos frescos e naturais como: verduras, legumes, frutas, cereais, ovos, leite e derivados, sementes, carnes e aves;
A hidratação é muito importante, assegura o equilíbrio hidroeletrolítico, podendo garantir ainda o desempenho e reduzir os riscos associados à desidratação. Ninguém terá um bom rendimento físico se estiver desidratado, ou seja, perderá força, velocidade e motivação O hábito de ingerir líquidos antes, durante e após a atividade deve ser introduzido e estimulado durante o treinamento. O ideal é nas 2 horas que antecedem o exercício, a pessoa consumir 500 ml de líquidos. Logo antes de começar cerca de um copo de 200-250 ml.
Após a prática da atividade física é aconselhável a ingestão de líquidos para repor as perdas hídricas e de eletrólitos, como, por exemplo, água de coco, sucos de frutas e bebidas esportivas.

A maioria de praticantes de atividade física busca aumento de massa muscular com perda de gordura corporal. Vale lembrar que dietas da moda, dietas desbalanceadas e uso abusivo de suplementos nutricionais e até anabolizantes não são indicados.
           
       Dica da Nutri: Ganho de massa muscular magra e perda de gordura são resultados de uma alimentação saudável e balanceada.

3 comentários:

Brendea disse...

Amiga, tá show esse post.
estou voltando pra academia, esse post parece que foi feito pra mim!
bjos

Suzanny disse...

Amiga... ta muito bom mesmo... disse tudo! beijuuu. Su

Anônimo disse...

Amei as dicas vou praticar............Beijos